DOENÇA ARTERIAL OBSTRUTIVA PERIFÉRICA (DAOP)

Acomete tanto homens quando mulheres que apresentam fatores de risco para ATEROSCLEROSE como: pressão arterial elevada, diabetes e hábito de fumar.


Nos casos iniciais se apresenta como dor na panturrilha ou na face anterior da perna ao caminhar. A dor ameniza ao interromper a caminhada e piora em aclives ou ao subir escadas. 
Devido a intensidade da dor é necessário parar de caminhar e, portanto, chama-se este sinal de “claudicação intermitente”. 

Nos casos mais avançados se manifesta como dor em repouso, ou seja, sem necessidade da caminhada além de palidez e redução de temperatura do membro acometido. Pode ocorrer a formação espontânea de feridas.

Os sinais/sintomas descritos acima ocorrem devido a escassez de sangue bem oxigenado (sangue arterial) na musculatura e nas camadas da pele em decorrência da formação de placas de ATEROMA que progressivamente levam à oclusão da artéria, caso não tratadas. 

O tratamento deve ser medicamentoso em TODOS os casos e, nos mais avançados, pode ser necessária cirurgia para revascularização do membro acometido, sob risco de amputação. 

É de extrema importância também o adequado controle das doenças que determinam a aterosclerose e CESSAR TABAGISMO. 

Se você apresenta algum dos sinais/sintomas descritos acima consulte um CIRURGIÃO VASCULAR. 

CUIDE DA SUA SAÚDE, PREVINA-SE.